Concessão do Semasa para a Sabesp

Maioria dos moradores de Santo André não sabe que o fornecimento de água e coleta de esgoto da cidade serão concedidos à SABESP

Cerca de um terço apenas é favorável à concessão.

O SEMASA – Avaliação dos Serviços
Os resultados mostram uma avaliação geral dos serviços de 47% de ótimo e bom, 34% de regular e 19% de ruim e péssimo, ou seja um balanço positivo de 28%. Esse valor é mais elevado entre as pessoas com renda superior a 5 Salários mínimos e aqueles com ensino superior. Chama a atenção a avaliação dos moradores do 2º. Subdistrito que avaliam positivamente o serviço em 60%.

Quando perguntado se o entrevistado entendia se houve melhora ou piora nos últimos anos, 65% é de opinião que o serviço continua igual.

Entre os serviços prestados pelo SEMASA, o melhor avaliado é o de coleta de lixo com 81% de ótimo e bom, seguidos pelo fornecimento de água e coleta de esgotos com valores entre 50 e 55%. O serviço pior avaliado é o de combate a enchentes, 38% de avalição negativa. Em relação ao valor da tarifa de saneamento cobrada pelo SEMASA, 62% é considerada negativa.

Essa avaliação positiva do serviço prestado pelo SEMASA, não parece compatível, com a frequência verificada de falta de água. 68% informam que a falta d’água ocorre com frequência, sendo que 29% afirma que isso ocorre com muita frequência.

A SABESP – Imagem da empresa e a comparação SEMASA x SABESP
A avaliação da imagem dos serviços prestados pela SABESP em outros municípios também é considerada positiva, com valores pouco inferiores a avaliação dos serviços prestados pelo SEMASA. 39% avaliam o serviço como positivo. Quando se pede para comparar a qualidade dos serviços prestados pelo SEMASA e a imagem dos serviços prestados pela SABESP, 45% consideram esses serviços de mesma qualidade, e se equilibram entre aqueles que consideram melhor o da SABESP (18%) e aqueles que consideram melhor o serviço prestado pelo SEMASA (16%).

Sobre a concessão dos serviços
Chama a atenção que dois terços dos entrevistados não tinham conhecimento dessa transferência dos serviços. Mesmo entre aqueles com ensino superior completo, 56% dos entrevistados não tinha conhecimento a transferência.

Em relação a expectativa do que ocorrerá com os serviços com a mudança da titularidade, a maior parte dos entrevistados (42%) acredita que o serviço continuará igual. 34% acredita que o serviço vai melhorar, mais que o dobro daqueles que acreditam que o serviço irá piorar. Apenas no subdistrito de Capuava, observa-se um resultado diferente. Nessa região, 23% acreditam que o serviço irá melhorar, praticamente o mesmo valor daqueles que acreditam que irá piorar: 22%.

Perguntando-se a posição dos entrevistados sobre a concessão, observa-se uma divisão entre os entrevistados. 36% se declaram favoráveis, 29% contrários e 28% indiferentes.

É entre os homens que se verifica a maior posição favorável, 43% . Entre as mulheres há uma divisão entre as três opiniões: 30% favorável, 30% contrára e 32% se declara indiferente. Chama a atenção a posição das pessoas com ensino superior, onde a maioria (41%) se posiciona contrariamente a concessão e também entre os moradores do 2º sub-distrito, onde 44% se posiciona contrariamente a concessão.

Há um certo ceticismo em relação à possivel melhora dos serviços de água e esgoto quando esses forem assumidos pela SABESP. A maioria dos entrevistados não concorda com as afirmações de que a tarifa não irá aumentar (75%), de que não vai mais faltar água (57%) e de que as ruas da cidade não ficarão mais esburacadas por causa das obras de saneamento. (60%). Quase a metade também não concorda que os pedidos de serviços de água e esgoto serão atendidos com mais rapidez e que a cobertura da coleta e tratamento de esgoto vai atingir toda a cidade em pouco tempo.

DADOS DA PESQUISA

Nome da pesquisa
Pesquisa Concessão do Semasa para a Sabesp – julho 2019

Margem de erro
5 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no
total da amostra.

Tema
Opinião Pública

Período
06 e 07 de julho de 2019

Local
Santo André/SP.

Amostra
400 pessoas, moradores/ eleitores da cidade de Santo André com 16 anos ou mais.

Obs.: As perguntas cujas somas das porcentagens não totalizam 100% são decorrentes de arredondamentos.

Pesquisa ABC Dados_Santo André_julho2019_Semasa